fechar
AIR SUPPLY - LOST IN LOVE EXPERIENCE

Eles celebram atualmente a incrível marca de mais de 5 mil shows realizados em sua trajetória com uma nova turnê, Lost In Love Experience, que chegará ao Brasil em 22 de agosto em São Paulo (Espaço das Américas), 24 de agosto, no Rio de Janeiro (Vivo Rio) e dia 25 de agosto, em Porto Alegre (Auditório Araújo Viana).

Air Supply mostra a força do romantismo em novo show 

 

O duo australiano, que há pouco alcançou a marca de 5.000 shows, estará no Brasil em agosto para apresentar a Turnê “Lost in Love Experience”

Pré Venda para Sócio Ouro Clube Shows para Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre se inicia dia 13 de maio de 2019 as 10:00 e vai até dia 15 de maio as 10:00 quando se inicia a venda ao Público

“All You Need Is Love”, dizia o grande hit dos Beatles em 1967. 52 anos depois, podemos afirmar sem medo que, de fato, amor é do que mais necessitamos, e desde sempre! Em tempos difíceis como os atuais, quem sabe ainda mais. E é exatamente por investir com muita qualidade artística na música romântica que o duo Air Supply mantém há mais de quatro décadas um lugar cativo nos corações de seus inúmeros fãs mundo afora.

Eles celebram atualmente a incrível marca de mais de 5 mil shows realizados em sua trajetória com uma nova turnê, Lost In Love Experience, que chegará ao Brasil em 22 de agosto em São Paulo (Espaço das Américas), 24 de agosto, no Rio de Janeiro (Vivo Rio) e dia 25 de agosto, em Porto Alegre (Auditório Araújo Viana).

Nessa turnê, que estreou na Australia e ainda passará pelos EUA e Canadá antes de chegar por aqui, o repertório trará aquelas canções que aprendemos a amar, entre as quais “All Out Of Love”, “Lost In Love”, “Every Woman In The World” e “Making Love Out Of Nothing At All”, só para citar algumas delas. Um banho de sensibilidade, com belas melodias e versos românticos e apaixonados.

 

 BIO

 

Tudo começou em maio de 1975, quando o cantor, compositor e músico inglês Graham Russell conheceu o cantor Russell Hitchcock em uma montagem australiana do famoso musical “Jesus Cristo Superstar”, de Andrew Lloyd Webber e Tim Rice. A empatia entre os dois foi imediata, e a ideia de criarem um projeto próprio, também. O primeiro álbum do Air Supply, autointitulado, saiu em 1976, e emplacou nas paradas locais o single “Love And Other Bruises”.

 

Em 1977, eles foram a banda de abertura da turnê australiana do astro do pop-rock Rod Stewart, e o cantor britânico gostou tanto deles que os convidou para acompanha-lo nos shows que faria nos EUA e Canadá, parceria que deu certo demais.

 

Ao ouvir o quarto álbum australiano da banda, “Life Support” (1979), o lendário produtor americano e então diretor da Arista Records, Clive Davis, gostou muito de uma das músicas incluídas nele, “Lost In Love”. Gostou tanto que resolveu convidar o duo para entrar em sua gravadora. Começava ali uma parceria milionária.

 

Em 1980, saiu o álbum “Lost In Love”, o primeiro deles a conseguir repercussão no disputado mercado americano, atingindo o 22º posto nos charts de lá. Deste trabalho, foram extraídos três singles de muito sucesso: a faixa-título (em nova versão- nº 3 nos charts), “All Out Of Love” (nº 2) e “Every Woman In The World” (nº 5).

 

O som romântico e próximo do soft rock encantou o público pop nos EUA e no resto do planeta. Esse namoro se consolidou com o álbum seguinte, “The One That You Love” (1981), que chegou ao nº 10 entre os LPs mais vendidos nos EUA e emplacou mais três singles certeiros por lá: a faixa-título (nº1), “Sweet Dreams” (nº 5) e “Here I Am” (nº 5).

 

Em 1982, veio mais um álbum de sucesso, “Now And Forever”, nº 25 nos EUA e trazendo como destaque a canção “Even The Nights Are Better” (nº 5 entre os singles). O sucesso da dupla era tamanho que justificou o lançamento, já em 1983, da coletânea “Greatest Hits”, trazendo todos seus êxitos até aquele momento e de quebra uma faixa inédita, “Making Love Out Of Nothing At All”, de autoria do premiado compositor e produtor Jim Steinman (Bonnie Tyler, Meat Loaf). E essa música chegou ao nº2 nos EUA, virando hit, também!

 

Parte integrante da trilha do filme “Ghostbusters- Os Caça-Fantasmas” (1984), a balada “I Can Wait Forever” foi o carro-chefe do álbum seguinte do Air Supply, autointitulado e que chegou ao número 84 da parada ianque. “Lonely Is The Night” seria o próximo hit, lançada em 1986 no álbum “Hearts In Motion”.

 

Em 1987, após lançar um disco natalino, “Christmas Album”, o duo entrou em um período de recesso que só terminaria com o lançamento, em 1991, do álbum “The Earth Is”. Em 1993, viria o premiado “Vanishing Race”, cuja faixa-título homenageava os índios norte-americanos e lamentava seu extermínio através dos tempos.

 

Utilizando esse repertório repleto de hits a seu favor, o Air Supply se manteve permanentemente na estrada, fazendo turnê por todo o planeta, especialmente pela Asia, onde possui seu fã-clube mais fiel. Mas não só por lá. Em 2005, por exemplo, fizeram um show em Havana, Cuba, que comportou 175 mil pessoas.

 

Em 2005, lançaram o DVD “It Was 30 Years Ago Today”, comemorando seus então 30 anos de carreira. O CD acústico “The Singer And The Song” (2006) e o álbum de estúdio “Mumbo Jumbo” (2010) são outros momentos bacanas dos anos mais recentes.

 

A popularidade perene do Air Supply é tanta que inspirou o autor canadense Jim Millan a criar um musical com as suas canções, “All Out Of Love: The Musical”, que estreou nas Filipinas em 2018 e conta com uma música inédita escrita por Graham Russell especialmente para tal produção, “I Was In Love With You”.

 

Recentemente Russel e Graham lançaram o álbum Lost in Love Experience, gravado com a Orquestra Sinfônica de Praga.